Seguro de Vida para Atletas


Diante do acidente vascular encefálico sofrido pelo técnico do Vasco, Ricardo Gomes, o senador Zezé Perrella (PDT-MG) apresentou nesta terça-feira, em Brasília, projeto de lei que obriga clubes a fazerem seguros de vida e contra acidentes pessoais em prol de treinadores e jogadores de futebol. A prática em favor dos atletas já estava prevista na Lei Pelé, mas, segundo o parlamentar, não era fiscalizada e não acarretava em penalidade para as diretorias dos clubes.

Presidente do Cruzeiro, Perrella defende no projeto que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) exija a contratação de seguro para todos os jogadores, sob pena de eles não poderem participar das competições esportivas organizadas pela entidade.

“Atleta que não estiver protegido por seguro não será inscrito na competição. Esse aperfeiçoamento à Lei Pelé multiplicará o número de agentes fiscalizadores com evidentes benefícios a atletas, familiares e agremiação, que poderão contar com atletas mais seguros psicologicamente”, disse o senador em Plenário.

“O crescimento da atividade desportiva profissional devido ao elevado nível de exigência física e psicológica dos atletas, o aumento das competições dos clubes acabaram por trazer consequências muito perversas”, completou Perrela, que relembrou casos como a morte súbita do zagueiro Serginho, do São Caetano, que teve uma parada cardíaca em 2004, durante um jogo contra o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro.”De mortes, já são três ou quatro em nossos estádios em curto tempo.”

A contratação do Seguro de Vida garante ao clube, em caso de sinistro, o pagamento de uma indenização no valor definido, por exemplo, como o valor investido no atleta, com coberturas por Morte Qualquer Causa ou por Invalidez Permanente Total por Acidente. “O pagamento do prêmio é efetuado pelo clube, que possui o interesse em segurar este profissional”. Portanto, o time é o próprio beneficiário do seguro.

O profissional mais prevenido também pode contratar um complemento para a proteção adquirida pelo time. De forma complementar, o próprio atleta ainda pode adquirir, sob condições especiais, um seguro para proteger seus familiares. Os atletas podem contratar, por exemplo, coberturas de Morte Qualquer Causa, Indenização Especial por Acidente e Invalidez Permanente Total por Acidente, Cobertura de Doenças Graves , nesta modalidade de contratação, o responsável pelo custeio do plano é o próprio atleta e os beneficiários são os seus familiares.

Seguro de Vida para Atletas, temos o produto certo.

Um Abraço.

Alessandra Franco


Sou formada em Publicidade e Propaganda pela PUC/MG, pós-graduada em Administração Mercadológica pela UNA/MG, onde também cursei MBA em Administração Estratégica Fiz o Curso de Extensão em Negociação pela FGV/SP. Sou Educadora Financeira da DSOP. Pós-graduada no curso de Educador Financeiro, Orientador Financeiro, Coaching Financeiro e Educação Financeira para empreendedores pela Dsop/Sp. Minha experiência sempre foi no desenvolvimento de atividades em Gestão de Negócios e Relacionamento com os Clientes. A partir dessas competências, descobri meu talento para o Planejamento Financeiro e me especializei nessa área, principalmente no que tange a Seguros, sendo reconhecida como Consulting Life Planner® pela Prudential do Brasil Seguros de Vida e Membro MDRT (Million Dollar Round Table).


Comentar


 

Fatal error: Allowed memory size of 134217728 bytes exhausted (tried to allocate 6351292 bytes) in /var/www/html/alessandrafranco.com.br/web/wp-includes/functions.php on line 1038